quinta-feira, dezembro 11, 2014

A Importância do Ritmo

“Depois que gerou Matusalém, Enoque andou com Deus 300 anos e gerou outros filhos e filhas.” (Gênesis 5:22)
Alegro-me ao ver que a Bíblia compara a vida cristã não somente com o participar de uma corrida, mas também com o participar de uma longa caminhada.
Isaías 40:31 diz: “mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam bem alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam.”
O livro de Gênesis fala sobre um homem chamado Enoque, que andou com Deus por trezentos anos. Enoque ensina sobre a importância de entrar no ritmo na corrida espiritual.
Coloco essa questão pois existem pessoas que têm uma relação tipo “ioiô” com Deus. Ou estão totalmente desviadas, ou estão apaixonadas ao ponto de serem desagradáveis. Elas não aprenderam como entrar no ritmo da caminhada.
Aprendi sobre a importância disso quando saí um dia para pedalar cerca de 50km com alguns amigos. Eu tinha muita energia, então comecei pedalando na frente de todos, mas então minha energia começou a diminuir e eu tive que ir para trás. Depois me recuperei e pedalei na frente de todos novamente, e assim sucessivamente.
Assim que chegamos ao destino e começamos o caminho de volta, um dos colegas com os quais estava pedalando teve de me “puxar”. Eu já não tinha mais energias.
Esta não era a forma correta de agir. O objetivo era chegar lá e voltar.
O mesmo vale para a corrida espiritual. O objetivo não é somente correr rápido, mas também correr durante muito tempo e chegar até o final. Este é o verdadeiro objetivo!
Se você quiser crescer espiritualmente, terá que entrar no ritmo da corrida da vida.
Lembres-e que você está nesta corrida para um longo trajeto.

quarta-feira, dezembro 10, 2014

Começe o Ano Novo meditando sobre os versículos da Bíblia


Todos anos recebemos mensagens do tipo Que neste ano bla,bla,bla....



Neste ano resolvi fazer uma nova proposta para um novo começo neste 2015 que se inicia.Comece o Ano Novo de meditando sobre esses versículos da Bíblia encorajando escolhido para inspirar um passeio totalmente novo com Deus e um profundo compromisso de viver a fé cristã.
O novo nascimento - uma esperança viva
Esperança para o futuro
1 Pedro 1:3 Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo!  Em sua grande misericórdia, ele nos deu o novo nascimento para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos.
Jeremias 29:11 Jeremias 29:11 "Porque eu sei os planos que tenho para você", diz o SENHOR. "Eles são os planos para o bem e não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança.
 A nova criação
2 Coríntios 5:17 Portanto, se alguém está em Cristo, nova criatura é, as coisas velhas já passaram;, tudo se fez novo. Eis um novo coração
Ezequiel 36:25-27 "Então eu espalharei água pura sobre vós, e será limpo. Seu sujeira será lavada, e você vai adorar os ídolos já não. E eu lhe darei um coração novo, com novos desejos e para a direita, e eu vou colocar um espírito novo em vocês. tirarei o coração de pedra do pecado e dar-lhe um obediente, novo coração. Porei meu Espírito em você, assim você vai obedecer às minhas leis e fazer o que eu mando.
Esquecer o passado
Filipenses 3:13-14 Não, queridos irmãos e irmãs, eu não sou ainda tudo o que eu deveria ser, mas estou me concentrando todas as minhas energias em uma coisa: esquecendo o passado e ansioso com o que está adiante, se esforçar para chegar ao final da corrida e receber o prêmio para a qual Deus, por Cristo Jesus, está nos chamando para o céu.
Aprendendo com os erros do passado 
Hebreus 12:10-11 Nossos pais nos corrigiam por pouco tempo como bem lhes parecia, mas Deus nos disciplina para o nosso bem, para que participemos da sua santidade. Nenhuma disciplina parece ser agradável no momento, mas dolorosa. Mais tarde, porém, produz fruto de justiça e paz para aqueles que foram treinados por ele.
Espere no Senhor
Salmo 37:7 Não se preocupe com as pessoas más que prosperam ou se preocupam com os seus planos perversos.
Isaías 40:31 Mas aqueles que esperam no Senhor vai ganhar nova força, pois eles vão sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se cansam.  
O tempo de Deus é perfeito 
 Ele fez tudo formoso em seu tempo. Ele também pôs a eternidade no coração dos homens, mas eles não podem compreender o que Deus tem feito do começo ao fim.
Cada novo dia é especial
Lamentações 3:22-24 A benignidade do Senhor jamais acaba!. Por sua misericórdia fomos impedidos de completa destruição. Grande é sua fidelidade, sua misericórdia recomeçar a cada dia. Eu digo a mim mesmo: "O Senhor é a minha herança e, portanto, eu esperarei nele!"
E Que todos nós possamos nos apegar mais a palavra de Deus neste ano de 2013, e possamos viver tudo aquilo que Deus tem para nós.

Pensando nisso, resolvi publicar alguns planos de leitura bíblica para ajudá-lo a estudar a Palavra de Deus e crescer espiritualmente.Escolha o método que mais se adéqua a você e comece o ano lendo a Bíblia! para isso basta clicar qui e boa leitura.

Você já Curtiu Nossa Página no Facebook? 

terça-feira, dezembro 02, 2014

Evangelismo hipster para jovens urbanos

A igreja Hillsong, com pastores modernos como Carl Lentz, se espalha pelo mundo com uma cenografia que combina concertos de rock, clubes noturnos e cultos religiosos
Publicado no El País
“Seu amor é implacável, seu amor é implacável”, canta a banda de rock à guisa de refrão enquanto Carl Lentz aguarda no centro do palco, de microfone na mão. Com cabelo raspado dos lados, topete discreto, jaqueta de couro justa, camiseta decotada, jeans rasgados nos joelhos, botas vintage com cadarços desamarrados e várias tatuagens, Lentz parece um hipster do Brooklyn.
Centenas de jovens, uns 6.000 a cada domingo em várias sessões, abarrotam o salão do Manhattan Center, em Nova York. Nenhum tem mais de 30 anos. São belos animais, cristãos e devotos. Aguardam a palavra de seu pastor. “Bem-vindos. Estou feliz por terem vindo. Amo a minha igreja porque é muito simples. Não queremos mudar ninguém. Só queremos as pessoas”, assim Lentz começa seu sermão sob o olhar de sua mulher e seus três filhos, apoiado pela música, um notebook da Apple, três enormes telas de vídeo e uma cruz iluminada. Quando abre a bíblia, muitos jovens pegam os celulares para acompanhar os salmos pelos aplicativos.

igreja_hilsong_hipsterLentz é um dos carismáticos líderes da Hillsong, uma igreja pentecostal australiana que se lançou à conquista de jovens crentes em todo mundo. Com uma diferença: se as igrejas evangélicas tradicionais procuram adeptos sobretudo em entornos rurais, a Hillsong quer seguidores urbanos. Cada fim de semana, cerca de 100.000 participam de seus cultos em cidades como Nova York, Amsterdam, Barcelona, Cidade do Cabo, Copenhague, Kiev, Londres, Paris, Lyon, Düsseldorf e Estocolmo.
A escolha não é aleatória. O objetivo são metrópoles modernas, referências culturais com grande atrativo para os jovens, um terreno propício para a sua liturgia peculiar: uma comunhão com Deus através da música e da pregação, que combina concerto de rock, clube noturno londrino e culto religioso.
A Hillsong foi fundada pelo casal australiano Brian e Bobbie Houston em 1986. É um sincretismo da última geração de igrejas evangélicas com a cultura dos jovens cristãos, nas quais a música sempre teve um papel fundamental. A principal fonte de financiamento é seu selo discográfico, a Hillsong Music Australia, a maior do mundo cristão, que em duas décadas lançou mais de 40 álbuns em vários idiomas e vendeu mais de 16 milhões de discos. Tem 10 milhões de seguidores nas redes sociais e um canal do YouTube com 150.000 assinantes. Na Austrália, possui, além disso, um campus universitário. A Hillsong é um fenômeno global. “Não é preciso crer para estar aqui”, repete em todos seus sermões o pastor Lentz, de 35 anos, ex-jogador de basquete, que costuma ser visto em partidas com os Knicks acompanhado de alguma celebridade, como Justin Bieber.
Os críticos dizem que não se sabe muito bem se a Hillsong é uma igreja que vende discos ou uma gravadora que oferece consolo à sua paróquia. Sua teologia simples, apoiada em um Deus irredutível e em um criacionismo edulcorado; seu cristianismo hipster, no sentido literal do termo (inconformista); seu gosto por se cercar de famosos (afirmam que Bieber já foi batizado) e sua indefinição em questões como o aborto ou a homossexualidade atraíram muitas críticas.
Esta noite Lentz quer falar de Deus, não de religião. A religião não empolga as pessoas, diz, mas Deus, sim. E muito. “O que Deus dá em forma de amor é cinco vezes mais valioso que qualquer coisa que você possa encontrar. Deus deve ser nossa única preocupação. Se algo for importante para você, será importante para Deus. O novo que está chegando se chama Deus”, proclama o pastor enquanto a banda de rock atrás dele enfatiza suas palavras com a música. Em suas entrevistas, Lentz assegura que a religião morreu, e que em seu lugar está Deus. “Olhe o que ele pode fazer por você, não você por ele”, acrescenta.
A Hillsong atrai, a cada domingo, milhares de jovens cristãos que lotam as cinco sessões de culto oferecidas junto ao Madison Square Garden a partir das 10 da manhã. O último culto acontece à noite em Montclair, Nova Jersey. O restante da semana é dedicado ao conhecimento da Bíblia, batismos e ações solidárias. Nos próximos dias, com a aproximação das primeiras nevascas e do Dia de Ação de Graças, haverá coleta de agasalhos para doar aos mais necessitados e distribuição de comida nos projects, as moradias para a população carente. Tanto à entrada como à saída do espetáculo, moças e rapazes com aparência de modelos saúdam ou se despedem de cada um. “Amamos vocês, só isso”, afirmam.

A Filosofia da Árvore e das Nuvens (ou Porque sou conservador)


A árvore vai crescendo e, dessa forma, mudando, mas o que se modifica é apenas o cerco que rodeia uma parte imutável. 
Os anéis situados no centro continuam sendo os mesmos de quando era um broto. Deixaram de ser vistos, mas não deixaram de ser centrais. 
Quando nasce um ramo na parte superior de uma árvore, ele não se desprende de suas raízes, antes, ao contrário, quanto mais alto se elevam os ramos, com mais força a árvore terá de se prender às suas raízes. 
Este é o verdadeiro conceito do que deve ser o progresso sadio e vigoroso do homem, das cidades, ou de toda uma espécie. 
Mas quando os progressistas a que estou aludindo falam de evolução, não se referem a isto. 
Eles não desejam que mude a parte externa de um centro orgânico e permanente, como uma árvore; objetivam a modificação total e absoluta de cada parte a cada minuto, como a transformação que sofrem as nuvens.

Mas se adotarmos como filosofia uma evolução similar à das nuvens, ou seja, uma evolução de algo que não tem esqueleto, não haveria lugar, então, para o passado e a civilização estaria incompleta; o que hoje existe pode desaparecer amanhã, inclusive amanhã mesmo. 
Pois bem, eu não creio nesse progresso perpétuo que acarreta apenas um caos perpétuo; creio na evolução orgânica, ordenada e de acordo com o projeto e a natureza de cada coisa. 
Penso, por conseguinte, que não pode evoluir a civilização que não esteja razoavelmente completa, e a nossa, tão científica, avançada e progressista, está irracionalmente incompleta.
- G. K. Chesterton, O Sentimentalismo, a Cabeça e o Coração, 1909, citado no prefácio de seu livro "O Que Há De Errado Com O Mundo", Ecclesiae, 2013

Todo mundo tem algo a doar: participe do #DiaDeDoar!

Suzana Camargo, no Planeta Sustentável
D-O-A-R. Quatro letras. Palavra pequena, mas com imenso significado. Talvez um dos mais bonitos e complexos termos da língua portuguesa e de tantos outros idiomas. Doar vai muito além de dar. É verbo que compreende mais do que um sujeito. Quem doa, doa a alguém ou a muitos. E para fazê-lo necessita de desprendimento, generosidade e compromisso.
Para celebrar a beleza deste conceito e promover a cultura da doação em nossas sociedades, vários países, organizações e empresas do mundo inteiro realizarão uma grande campanha no dia 2 de dezembro. A proposta é simples: conclamar companhias, indivíduos, famílias, mídia e organizações não-governamentais (ONGs) a doar.
O movimento internacional #GivingTuesday existe desde 2012, nos Estados Unidos, como resultado de uma parceria entre a organização nova-iorquina 92Y e a Fundação das Nações Unidas. É o contraponto a Black Friday e a Cyber Monday, promoções do comércio para aumentar o consumo e as vendas nas lojas virtuais no final do ano, quando se aproxima a comemoração do Natal.
Rapidamente, ganhou forte adesão internacional e, hoje, reúne mais de 10 mil parceiros em países como Nova Zelândia, Canadá, Israel, Austrália, México, Singapura e Reino Unido, onde são promovidas atividades para estimular o ato de doar. A intenção é que o movimento dissemine ações inteligentes, que possam ser replicadas e gerem impacto de grande escala nas populações mais carentes.
No Brasil, o movimento – Dia de Doar – foi organizado pela primeira vez em 2013 pelo Instituto Doar, que faz parte de uma coalização de entidades – entre elas, a Acorde e a Arredondar – e indivíduos que se uniram para promover a solidariedade no país a partir do estímulo à doação, oMovimento por uma Cultura de Doação. Em 2014, terá, pela primeira vez, o apoio do movimento internacional #GivingTuesday.
O Planeta Sustentável já está engajado nesta campanha, começando por este post e também pelo encontro que será realizado na sede da Editora Abril no dia 28 próximo (acompanhe o Facebook e o Twitter para saber mais). E você?
Lembre-se: para doar não é necessário muito. Mas deve envolver sentimento. Tem que ser de coração. Doar é compartilhar com o outro. Pode ser um objeto, um valor. Todavia, pode ser muito mais. Doar tempo, sangue, medula, carinho, conhecimento, trabalho voluntário, atenção… É um ato que tem em seu interior a vontade de mudar a vida do próximo.
Todo mundo tem o que doar. Isso é fato. Que tal começar doando um pouco do seu tempo para divulgar a hashtag #DiaDeDoar nas redes sociais? Você verá que esta ação faz  bem para todos: quem doa e quem recebe. Um universo está aberto para novas mudanças e elas podem começar com apenas quatro letras: D-O-A-R.